BLOG

Sintomas de ansiedade: quais são e como lidar com eles?

Sintomas da ansiedade

A ansiedade é um dos principais distúrbios psicológicos que afetam a sociedade há tempos, mas que se intensificaram ainda mais com a pandemia. Homens, mulheres e até mesmo crianças se depararam em seu isolamento social com angustiantes sintomas de ansiedade e se viram obrigados a lidar sozinhos com uma doença que, em muitos casos, nunca conviveram.

Em 2020 o Ministério da Saúde começou a conduzir uma pesquisa para avaliar a saúde mental dos brasileiros, entre os meses de abril e maio. Os resultados foram surpreendentes:

86,5% dos entrevistados se enquadravam em algum tipo de ansiedade patológica

Desde 2017 o Brasil é o país com maior índice de pessoas com transtornos de ansiedade em todo o mundo. Em se tratando de uma doença silenciosa, ela é ainda mais perigosa, pois em mais de 90% dos casos, os sintomas de ansiedade são sentidos nos momentos em que o indivíduo está sozinho e em outros casos a pessoa se isola por medo ou vergonha.

“Meu peito começou a doer muito e senti meu coração acelerar, eu podia senti-lo por todo o meu corpo de forma muito intensa. Depois vieram a falta de ar, a tontura, o pânico e um medo enorme de não conseguir aguentar mais crises como aquela, medo de sucumbir, de surtar de vez. Eu era insegura, impaciente com quase tudo e minhas noites estavam se tornando cada vez mais longas e angustiantes”

Este é um relato muito comum nas redes sociais, uma fonte infinita de informações, desabafos e buscas por apoio de quem não sabe como lidar com essas situações ou buscam por conexão com outras pessoas que passam pelo mesmo problema.

Quando falamos de transtornos de ansiedade, denominamos doenças como o transtorno obsessivo compulsivo (TOC), ataques de pânico, estresse pós-traumático, fobias e a ansiedade generalizada.

A ansiedade generalizada é um dos transtornos que o indivíduo pode vir a desenvolver e tem muitas semelhanças com os demais, por isso é comum que se confunda os sintomas desta ansiedade com o transtorno de pânico, por exemplo. Neste último a pessoa sente medo iminente de morte,tremores, medo de perder o controle de si e de sua razão, o que não acontece no transtorno de ansiedade.

Sintomas de ansiedade generalizada

Lembrando que cada indivíduo é único, por isso pode ou não vir a apresentar alguns dos sintomas, porém a presença de boa parte deles é um sinal de que precisa ser investigado. É imprescindível consultar um profissional especializado para o diagnóstico conclusivo.

Sintomas psicológicos

  • Agitação e dificuldade de ficar parado;
  • Nervosismo e irritabilidade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Preocupação excessiva em relação à realidade;
  • Medo constante de coisas diferentes;
  • Sensação de incapacidade e vergonha;
  • Sensação de que algo ruim vai acontecer;
  • Descontrole sobre os próprios pensamentos;

Sintomas físicos

  • Insônia durante a noite e cansaço excessivo durante o dia;
  • Tensão muscular, causando dor nas costas;
  • Sentir tremores;
  • Roer unhas;
  • Falar muito rápido;
  • Dor de barriga;
  • Aperto no peito e palpitações;
  • Falta de ar;
  • Tontura;
  • Enjoo e/ou vômitos;
  • Sudorese.

Em muitos casos a pessoa pode vir a desenvolver compulsão alimentar, utilizando inicialmente os alimentos como válvula de escape para suas angústias e frustrações. A comida torna-se uma forma de se desligar dos problemas e proporcionar pequenos momentos de prazer, agindo como um consolo e, com o tempo, se tornando uma recompensa em momentos de muita euforia e satisfação.

Causas do transtorno de ansiedade

As causas podem variar muito entre indivíduos, mas via de regra ele está associado a problemas psicológicos e emocionais, como o estresse, a frustração e o medo constante, um quadro muito comum no dia a dia dos brasileiros, mas que vem se intensificando nos últimos anos.

Alguns outros fatores também contribuem para o desenvolvimento deste transtorno:

  • Fatores genéticos;
  • O ambiente em que está inserido;
  • Constituição psicológica;
  • Doenças físicas (cardíacas, hormonais e pulmonares);
  • Consumo de drogas ou medicamentos de uso frequente.

Como controlar os sintomas de ansiedade?

O mais importante é fazer o acompanhamento com um psicólogo ou psiquiatra, buscando lidar com emoções e situações de crise. Este profissional poderá indicar outros tratamentos alternativos, que poderão contribuir para o tratamento dos sintomas de ansiedade e ajudar  a lidar com possíveis estopins psicológicos.

Alimentação

A mudança de hábitos alimentares é uma importante aliada para tratar a ansiedade, pois contribui diretamente para o aumento de hormônios, fazendo com que haja uma recarga intensa de neurotransmissores positivos.

Medicamentos fitoterápicos

A natureza tem um poder transformador na vida da sociedade e com ela conseguimos controlar e  tratar muitas doenças, e com a ansiedade não é diferente. Esses medicamentos concentram ativos naturais que auxiliam na redução de sintomas como a insônia e a falta de concentração, por exemplo, sem interferir na saúde ou causar dependência, como acontece com alguns medicamentos alopáticos tradicionais.

Meditação

Durante a meditação o seu corpo relaxa e se concentra apenas na respiração, atenuando pensamentos confusos, alinhando a respiração ofegante e mantendo o corpo em equilíbrio com a mente.

A meditação age como um importante recurso contra o estresse (um dos principais fatores que desencadeiam a ansiedade) e, por isso, podemos dizer que meditar também é uma ação preventiva.

Óleos essenciais

Ainda seguindo na linha de produtos naturais, os óleos essenciais são uma solução concentrada de plantas muito eficiente para diversas finalidades, como neste caso, as crises de ansiedade, estresse, concentração e insônia.

Seu efeito terapêutico e energizante tem ganhado popularidade entre os brasileiros, principalmente com relação a aromaterapia, técnica que utiliza o aroma de flores, folhas e cascas para curar ou amenizar sintomas de diversas doenças.

Você se sente nervoso ao limite?
Fica cansado facilmente? 

Tem dificuldade para dormir?
Não consegue relaxar e se sente preocupado frequentemente, sem conseguir controlar essa sensação?

Tem dificuldade de ficar parado e frequentemente se sente irritado ou frustrado?
Então essa é a hora certa para procurar um profissional adequado e cuidar da sua saúde mental e emocional.

Os distúrbios psicológicos são silenciosos e os sintomas de ansiedade são indicativos de que você não está bem e precisa de ajuda. Não tenha medo ou vergonha, esse é um transtorno muito comum em boa parte das pessoas. E por ser tão comum, merece muita atenção. 

O adiamento do tratamento interfere diretamente em seus hábitos e atividades cotidianas, causando muitos prejuízos ao desenvolvimento cognitivo, psicológico, comprometendo severamente seu bem estar, qualidade e expectativa de vida. Cuide-se!

Compartilhar Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on print
Atendimento: Seg a Sex de 8:30 às 18:00.
Iniciar Atendimento
X
Top